O que cobre o seguro de automóvel?

O que o seguro do meu carro cobre?

As coberturas de seguro auto são uma proteção financeira para determinados acontecimentos envolvendo o veículo, como colisões, roubo, furto, incêndio, entre outros. Esses acontecimentos também são chamados de sinistros. Ou seja, quando você contrata um seguro está contratando coberturas para determinados riscos.

O que a seguradora não cobre?

Os sinistros que o seguro pode não cobrir. A cobertura compreensiva (ou total) é para colisão, incêndio e roubo, além de danos materiais, físicos e morais causados a terceiros. Quanto mais coberturas no pacote, mais caro o seguro, por isso é possível contratar apenas coberturas contra incêndio e roubo.

O que os seguros cobrem?

As coberturas são uma proteção financeira para determinados acontecimentos envolvendo o carro, como colisão, roubo, incêndio, entre outros. Esses acontecimentos também são chamados de sinistros. Ou seja, quando você contrata um seguro está contratando coberturas para determinados riscos.

Que tipo de acidente o seguro cobre?

A não ser que haja exclusões de contrato, ficam cobertos todos os tipos de acidentes de trânsito, até mesmo os causados por desastres naturais como enchentes, ventanias temporais, terremotos, queda de árvore, chuvas de granizo ou outras casualidades, como o desabamento de um prédio ou a queda de algum objeto sobre o …

É INTERESSANTE:  Qual o valor do DPVAT em 2016?

Em que casos o seguro não paga?

A recusa só deve acontecer se não houver cobertura para o sinistro, os pagamentos não estiverem em dia ou se o segurado descumprir com alguma cláusula. Caso contrário, busque seus direitos se a seguradora não pagar a indenização do seguro auto.

O que não está coberto no seguro de automóvel?

O seguro auto costuma cobrir/proteger apenas o casco do veículo, que inclui chassi, carroceria, motor e caixa. Demais acessórios como rodas esportivas, kit de Gás Natural Veicular (GNV), aparelhos de som e imagem e blindagem costumam ficar fora da cobertura oferecida pelas seguradoras.

Como a seguradora investiga?

Como dito anteriormente, as seguradoras possuem profissionais especializados para analisar diferentes situações, inclusive o motivo do sinistro. Se for provado que a situação foi intencional, o pagamento da indenização será negado.

Quais as coberturas do seguro residencial?

É destinado a residências individuais, casas e apartamentos, habituais ou de veraneio. Adicionalmente são oferecidas coberturas que indenizam os danos causados por alagamento, queimadas em zona rural, vendaval, impacto de veículos, queda de aeronave, danos elétricos e responsabilidade civil familiar, dentre outras.

Como saber se o seguro cobre danos da natureza?

Geralmente, em coberturas básicas, o desastre natural não é contemplado. O que costuma ser coberto nos casos de danos vindos da natureza é a ação de raios, que podem causar um incêndio e danificar o automóvel. O ideal é conferir tudo o que consta na sua apólice e se há desastres naturais, antes de fechar o seguro.

Quais são as convulsões da natureza?

Para fins do disposto no inciso I do caput deste artigo, consideram-se eventos ou convulsões da natureza as tempestades, raios, chuvas de granizo, enchentes, desmoronamentos, deslizamentos de terra ou de rochas, queda de Page 7 7 árvores ou de grandes estruturas, terremotos, maremotos, furacões, ventanias, além de …

É INTERESSANTE:  Como se cadastrar para prestar serviços para seguradoras?

O que a Tokio Marine cobre?

O Seguro Auto Clássico oferece cobertura para colisão, incêndio, roubo/furto e danos a terceiros por um preço mais acessível, além de oferecer assistência 24 horas, carro reserva opcional, serviços de vidro e indenização pelo valor de veículo 0 km por 30 dias, podendo estender por mais 90 dias.

Seguros Mais