Tem que ter o nome limpo para fazer o seguro fiança?

Quem tem nome sujo pode fazer seguro fiança?

Não há nenhuma restrição na legislação a pessoas que tenham o nome sujo por causa de algum tipo de dívida, vai caber ao proprietário aceitar ou não.

É possível fazer seguro com restrição no nome?

A Superintendência de Seguros Privados (Susep), órgão do governo responsável pela fiscalização do mercado de seguros no país, informou que as empresas não podem recusar o seguro quando o cliente tem alguma restrição ao crédito. Segundo a Susep, as seguradoras podem ser multadas se for comprovada a prática.

Precisa estar com o nome limpo para fazer contrato de aluguel?

Para alugar um imóvel precisa ter nome limpo? Em geral, é fundamental ter um nome limpo para fazer um aluguel. Isso porque durante todo o período de aluguel do imóvel, o locador precisa ter a garantia de que está fechando negócios com uma pessoa que é capaz de arcar com o compromisso.

O que precisa ter para ser aprovado no seguro fiança?

Para a análise cadastral no Seguro-Fiança, será necessário que todos os documentos sejam entregues ao seu Corretor, que os encaminharão ao setor de análise da Porto Seguro. O comprometimento da renda do inquilino pessoa física, para locação não residencial, deve ser de até 20% do valor do aluguel + encargos.

É INTERESSANTE:  Questão: O que cobre o seguro habitacional caixa?

Quem pode contratar o seguro fiança?

Como já foi dito, esse é um dever do inquilino. Mas, a imobiliária pode ajudá-lo no processo. Em regra as Imobiliárias já dão preferência ao seguro fiança. Enquanto em contratos de aluguel feitos entre inquilino e proprietário, a caução conta com a preferência, isso não ocorre com as imobiliárias.

Quem está com nome sujo pode fazer seguro de automóvel?

A SUSEP – Superintendência de Seguros Privados, órgão que regula o comércio de seguros no Brasil, diz que as seguradoras não podem negar um seguro de um veículo apenas por seu proprietário estar com nome negativado.

Porque a seguradora recusa a fazer o seguro?

Conheça os motivos que podem levar uma seguradora a se recusar fazer o seguro do seu carro. Chassi remarcado, documentação irregular, idade do carro, não aprovação na vistoria, segurado com carteira suspensa.

O que não se pode fazer com o nome sujo?

O que não posso fazer se tiver nome sujo? Clientes com CPF negativado têm dificuldade em conseguir crédito, como comprar um produto a prazo, fazer um financiamento de imóvel ou até obter um cartão de crédito. Os bancos não podem cortar um cartão de crédito que você já tem sem avisar previamente.

É possível alugar um imóvel com restrição no nome?

Entretanto, não há nenhuma restrição na legislação a pessoas que tenham o nome sujo por causa de algum tipo de dívida, vai caber ao proprietário aceitar ou não. Normalmente, o locador não costuma alugar mesmo que a pessoa ofereça uma garantia locatícia interessante, como um fiador ou o seguro-fiança.

Como alugar uma casa tendo o nome sujo?

Em nossa legislação não há nada que impeça uma pessoa com o CPF restrito de fechar um negócio. Porém, o locatário e a imobiliária tem a liberdade de realizar ou não o contrato, baseando-se no princípio da autonomia privada. Ou seja, o locador pode escolher não fechar o contrato caso ele não se sinta seguro.

É INTERESSANTE:  O que significa falta de qualidade de segurado?

Como alugar imóvel com o nome sujo?

Uma das formas de alugar um imóvel nesse tipo de situação é conseguir um fiador, que deverá arcar com a dívida. Essa pessoa precisa ter uma renda segura, uma ou mais propriedades em situação regular e até outros bens. Também é possível pedir a um terceiro que faça a locação no nome dele, mesmo que não more no local.

Quanto tempo para aprovar o seguro-fiança?

Se estiver dentro do valor contratado, o prêmio pode ser usado, inclusive, para cobrir danos no imóvel. Por fim, sua aprovação costuma ser bem simples, ocorrendo em um prazo de 24 a 48 horas, o que elimina boa parte do processo burocrático no momento da locação e agiliza o processo.

Qual o valor de um seguro fiança?

O seguro-fiança custa o equivalente a um aluguel e meio a cada ano. Em um contrato de R$ 1.500 mensais, por exemplo, somado o valor do seguro diluído em 12 meses, o inquilino paga R$ 1.687,50.

Seguros Mais