Tem como parcelar a franquia do seguro?

É possível parcelar a franquia do seguro?

A resposta para essa pergunta é sim, você pode parcelar a franquia do seguro auto. Claro que as maneiras disponíveis de pagamento e número máximo de parcelas variam de acordo com cada seguradora.

Como é feito o pagamento da franquia do seguro?

A franquia do seguro deve ser paga apenas em conserto realizado no veículo do próprio cliente, e se o dano for parcial e passível de conserto. Nesse caso, ele deve pagar o valor da franquia, que é determinado de acordo com cada empresa.

Qual a diferença entre seguro e franquia?

Isso significa que o prêmio é o valor que valida a emissão da apólice e o início da vigência do seguro. Já o termo franquia, como mencionado anteriormente, se refere ao valor que deve ser pago quando a seguradora for acionada pelo cliente, a fim de cobrir algum sinistro de perda parcial.

Tem que pagar franquia em caso de perda total?

Não é preciso pagar a franquia em caso de perda total. Ela só é cobrada quando existe necessidade de fazer algum reparo no veículo, ou seja, quando há perda parcial. Como já explicado, a franquia do seguro é o valor de responsabilidade do usuário no momento de conserto do veículo.

É INTERESSANTE:  O que é preciso para ser um bom corretor de seguros?

Qual a porcentagem da franquia do seguro?

Já na perda parcial, temos uma situação em que o segurado é o responsável pelo pagamento do valor da franquia do seguro. Assim, parte do valor do conserto é de sua responsabilidade. A perda parcial acontece quando um veículo sofre um dano, mas todo o reparo não ultrapassa os 75% do valor total do veículo.

Quem deve pagar a franquia do seguro?

Se tiver que acionar o seguro por uma perda parcial do carro deverá pagar a franquia, não importando de quem é a culpa. Desta forma, você pode entrar em um acordo com o culpado pelo acidente e combinar que ele faça o pagamento da franquia.

Como cobrar a franquia do seguro de outra pessoa?

Como fazer esta cobrança? Você deve entrar em contato com o responsável pelo acidente e apresentar a ele o valor da franquia. A melhor situação é quando o acordo e pagamento acontecem de forma pacífica, porém nem sempre se dá assim.

O que é melhor seguro com franquia reduzida ou normal?

Para cobrir os gastos com pequenos incidentes, a franquia reduzida torna-se a melhor opção, apesar de aumentar o valor do prêmio. Assim, os custos com prejuízos menores correrão por conta da seguradora. Ela é ideal para motoristas menos experientes.

O que é a franquia do seguro?

Na verdade, a franquia de um seguro de carro é bem simples de entender. Ela corresponde ao valor calculado em dinheiro que o contratante do seguro poderá se responsabilizar caso ocorra o sinistro informado no seguro quando há a indenização parcial.

O que é franquia e prêmio de seguro?

Sendo assim, a diferença entre prêmio e franquia no seguro auto consiste no fato do primeiro ser o valor cobrado pela contratação do serviço, e o segundo ser o valor cobrado pelo uso das coberturas.

É INTERESSANTE:  Para que serve o seguro do cartão de crédito?

O que o seguro faz quando da perda total em um veículo?

A seguradora paga a indenização nos casos de perda total apenas quando o segurado é vítima. Verdade. Quando o segurado se envolve em uma colisão em que é vítima e o seu carro é taxado com perda total, a seguradora irá se encarregar de pagar a indenização integral prevista em contrato.

Qual o valor para dar perda total?

Perda total do carro, também conhecida simplesmente como PT, acontece quando o custo do conserto do mesmo após um acidente é superior ao percentual de seu valor previsto na apólice. Ou seja, nos casos em que a reparação é maior que 75% do preço de mercado, a seguradora declara a perda total do carro.

O que acontece quando da perda total em um veículo?

Após ser definido que aconteceu uma perda total no carro, chegou a hora da parte burocrática. Geralmente, o veículo passa a ser posse da seguradora, e a mesma indeniza o proprietário no valor previsto em contrato. Esse valor pode ser de 100% da tabela Fipe, ou até mais dependendo do tipo de contratação que aconteceu.

Seguros Mais