O que cobre o seguro aluguel?

O que o seguro de aluguel cobre?

A cobertura básica consiste nos aluguéis vencidos e não pagos + multa moratória. De forma adicional, pode-se contratar cobertura para inadimplência do IPTU, Condomínio ordinário, água, luz, gás canalizado, danos ao imóvel, Pintura interna e externa do imóvel e multa por rescisão contratual.

O que está incluso no seguro fiança?

A principal obrigação prevista no seguro fiança é garantir ao proprietário do imóvel o recebimento do aluguel e os encargos legais, em caso de inadimplência do inquilino. Portanto, a cobertura básica cobre aluguel + encargos. Esses encargos são, por exemplo: condomínio, luz, água, IPTU.

Como funciona o seguro para aluguel?

O seguro aluguel é uma opção para quem quer alugar um imóvel sem fiador e sem precisar de caução. Ele é um serviço oferecido por meio de seguradoras, onde o inquilino paga um valor específico para que a empresa garanta o seu aluguel perante a imobiliária.

Quantos meses de aluguel o seguro fiança cobre?

A cobertura oferecida pelo seguro fiança ao proprietário do imóvel não difere substancialmente de uma para outra seguradora. O plano básico cobre 30 meses de aluguel para o proprietário do imóvel que sofrer inadimplência por parte do inquilino.

O que acontece quando o seguro-fiança é acionado?

Quando o seguro fiança é acionado, o proprietário do imóvel geralmente recebe a indenização devida rapidamente. Após a apuração da seguradora, o valor pode ser liberado, em média, em até 15 dias. Segundo a Susep, o tempo determinado para indenizar um segurado é de até 30 dias. O despejo sempre é a última instância!

É INTERESSANTE:  Sua pergunta: Qual a seguradora mais confiável?

O que a imobiliária exige para alugar?

Confira abaixo:

  • RG e CPF;
  • Comprovante de rendimento superior a 03 vezes o valor do aluguel líquido;
  • Comprovante de residência;
  • Declaração de Imposto de Renda completa;
  • Os três últimos recibos de pagamento, se estiver pagando aluguel;
  • Ficha cadastral preenchida e assinada;

Qual a diferença entre título de capitalização e seguro fiança?

O seguro de fiança locatícia garante ao locador o pagamento dos alugueis e demais encargos caso o locatário não o faça e a quitação do que é devido fica sob responsabilidade da seguradora. O título de capitalização tem a mesma finalidade, porém pode ser feito mesmo por quem não tem crédito aprovado pela seguradora.

Qual é o valor cobrado para fazer seguro fiança Porto seguro?

O valor pode variar de acordo com as coberturas escolhidas, porém é possível ter uma estimativa a partir do valor do aluguel. Geralmente o valor do Seguro Fiança gira em torno de 1 aluguel a 1 aluguel e meio. Logo em um aluguel de R$ 1.000,00 por exemplo, o seguro deve ficar entre R$ 1.000,00 a R$ 1.500,00 por ano.

Quem deve pagar o seguro fiança?

O segurado será o próprio locador do imóvel, ou seja, o proprietário do bem objeto de locação; e o locatário será o garantido, podendo ser pessoa física ou jurídica, e é quem paga o prêmio à seguradora autorizada pela SUSEP para atuar neste ramo de seguro.

Como o inquilino paga o seguro fiança?

Carnê: com pagamento em até nove vezes sem juros; Cartão de crédito: com pagamento em até seis vezes sem juros; Débito em conta: possibilidade de pagamento por meio de débito na conta do inquilino em até nove vezes sem juros.

Quando o seguro fiança e devolvido ao inquilino?

Há basicamente duas situações que causam dúvidas em relação ao seguro fiança: quebra contratual e fim de contrato. Mas ele só é devolvido em caso de quebra contratual. Quando o inquilino desocupa o imóvel, se houver valor a ser restituído, porque ele não ficou todo o tempo previsto, a seguradora devolve uma parte.

É INTERESSANTE:  Qual ação contra seguradora que não paga sinistro?
Seguros Mais