Melhor resposta: Quais as obrigações de uma seguradora?

Quais as obrigações da seguradora?

Os deveres de uma seguradora no contrato

Ainda de acordo com o Código Civil, o principal dever de uma seguradora é “mediante o pagamento do prêmio, garantir interesse legítimo do segurado, relativo a pessoa ou a coisa, contra riscos predeterminados”, no limite da apólice acordada entre as partes.

Qual a responsabilidade do segurador no contrato de seguro?

“Art. 787. No seguro de responsabilidade civil, o segurador garante o pagamento de perdas e danos devidos pelo segurado a terceiro.”

O que caracteriza uma seguradora?

Seguradora é uma empresa que assume determinados riscos no lugar do cliente, em troca do pagamento de certa quantia prévia, chamada de prêmio. Caso a situação temida se concretize, pode ocorrer de o segurado ter que pagar uma franquia à seguradora para obter a indenização contratada.

Como funciona uma empresa de seguros?

“O contrato de seguro é aquele pelo qual uma das partes (segurador) se obriga para com a outra( segurado),mediante pagamento de um prêmio, a garantir-lhe interesse legítimo relativo a pessoa ou a coisa e a indenizá-la de prejuízo decorrente de riscos futuros previstos no contrato”.

Qual é a finalidade do seguro?

– O Seguro é portanto um fator de bem-estar social. mesmos riscos, possibilitando o equilíbrio entre as prestações dos segurados (prêmios) e as contraprestações do segurador (sinistros). O principal objetivo é o de prevenir que ocorram acidentes, orientando o segurado sobre as medidas de proteção a serem adotadas.

É INTERESSANTE:  Quando posso pagar o Dpvat 2021?

Quais elementos básicos do seguro?

“Três são os elementos essenciais do seguro – o risco, a mutualidade e a boa-fé -, elementos, estes, que formam o tripé do seguro, uma verdadeira, “trilogia”, uma espécie de santíssima trindade.

O que é o sinistro no contrato de seguro?

Em outras palavras, é quando acontece qualquer evento que está previsto pela apólice de seguro. O sinistro é um acidente, fato imprevisto ou situação inesperada que pode acontecer e que esteja especificado na apólice como algo que, se acontecer, haverá pagamento de indenização.

O que deverá conter no contrato de seguro?

A apólice ou o bilhete de seguro serão nominativos, à ordem ou ao portador, e mencionarão os riscos assumidos, o início e o fim de sua validade, o limite da garantia e o prêmio devido, e, quando for o caso, o nome do segurado e o do beneficiário. No seguro de pessoas, a apólice ou o bilhete não podem ser ao portador.

Como a seguradora investiga?

Como dito anteriormente, as seguradoras possuem profissionais especializados para analisar diferentes situações, inclusive o motivo do sinistro. Se for provado que a situação foi intencional, o pagamento da indenização será negado.

Quando a seguradora pode se negar a pagar?

A recusa só deve acontecer se não houver cobertura para o sinistro, os pagamentos não estiverem em dia ou se o segurado descumprir com alguma cláusula. Caso contrário, busque seus direitos se a seguradora não pagar a indenização do seguro auto.

Qual a classificação de um contrato de seguro?

Segundo a classificação dos contratos, o contrato de seguro pode ser classificado em bilateral, sinalagmático, oneroso, aleatório, consensual, de execução sucessiva ou continuada, de adesão, de boa-fé.

Como se ganha dinheiro com seguros?

Ela pode segurar bens materiais, como imóveis e veículos, até a própria vida do segurado. Na prática, a instituição concorda em assumir certos riscos, durante um determinado período de tempo, em troca de um pagamento em dinheiro. Esse valor pago à seguradora é chamado de prêmio, cuja quantia varia conforme a cobertura.

É INTERESSANTE:  Como é feita a contribuição do segurado especial?

Como chama o valor pago pelo seguro?

O prêmio é o valor que você paga para ter direito à cobertura do seguro que contratou. Ou seja: para ter direito ao seguro, é necessário fazer o pagamento de um valor específico, definido no momento da contratação. Esse pagamento é o prêmio.

O que é taxa de seguro?

A tarifa é o preço do seguro para cada unidade exposta a um dado risco. Esta deve ter características semelhantes: por exemplo, no seguro de imóveis, a unidade de exposição é tipicamente igual a R$ 1.000 do valor do imóvel numa dada região.

Seguros Mais