Como funciona o pagamento do seguro de veículos no caso de roubo?

Quanto o seguro paga em caso de roubo?

Qual o valor da indenização do seguro de veículo roubado? O valor a ser pago em caso de veículo roubado e não recuperado sempre segue o que estiver estabelecido na apólice. Normalmente o que consta é a indenização de 100% do valor da Tabela FIPE, entretanto, esse percentual pode ser maior ou menor.

Como funciona o seguro em caso de roubo?

O seguro funciona da seguinte maneira: em caso de roubo ou furto, você é indenizado pelo valor acordado previamente, que pode ser o valor de mercado referenciado ou outro pactuado entre você e a seguradora. Mas lembre-se que algumas seguradoras só reconhecem o seguro contra roubo se a perda é total.

Como funciona a indenização do seguro?

Uma indenização de seguro é paga sempre que acontece qualquer evento coberto previsto na apólice. O pagamento é feito assim que a documentação que comprova a ocorrência do evento for apresentada e analisada pela seguradora e respeitando o prazo estabelecido no contrato de seguro e nas condições gerais.

O que o seguro de roubo e furto cobre?

O que essa cobertura inclui

É INTERESSANTE:  Qual o prazo de garantia de um celular usado?

A principal proteção desse seguro é a cobertura para roubo e furto. Essa cobertura tem a função de indenizar o segurado de prejuízos que venha a sofrer em consequência de danos materiais causados ao veículo, caso ele seja roubado ou furtado.

Em que casos o seguro não paga?

A recusa só deve acontecer se não houver cobertura para o sinistro, os pagamentos não estiverem em dia ou se o segurado descumprir com alguma cláusula. Caso contrário, busque seus direitos se a seguradora não pagar a indenização do seguro auto.

O que o seguro não cobre?

Os sinistros que o seguro pode não cobrir. A cobertura compreensiva (ou total) é para colisão, incêndio e roubo, além de danos materiais, físicos e morais causados a terceiros. Quanto mais coberturas no pacote, mais caro o seguro, por isso é possível contratar apenas coberturas contra incêndio e roubo.

Precisa pagar franquia em caso de roubo?

Basta, apenas, preencher o documento que registra a transferência de propriedade do veículo. No entanto, se seu veículo foi furtado ou roubado e, dentro do período de 5 a 7 dias foi encontrado, com avarias que necessitem de reparo, você precisará pagar a franquia para que o seguro realize tais consertos.

Qual o melhor seguro contra roubo e furto?

Opções de seguro auto parcial contra roubo e furto

  1. 1 – Seguro Autofácil. O Seguro Autofácil possui valor a partir de R$ 79,90 por mês. …
  2. 2 – Seguro Ituran. A Ituran oferece o seguro contra furto e roubo com rastreador. …
  3. 3 – Seguro Suhai. …
  4. 4 – Seguro Siggo. …
  5. 5 – Cardif. …
  6. 6 – Itaú seguros. …
  7. 7 – SulAmérica.

Quais documentos a seguradora pede em caso de roubo?

Documentos solicitados em caso de sinistro

  • RG e CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Carteira de habilitação;
  • Boletim de ocorrência;
  • Prontuário médico, caso tenha ocorrido atendimento médico;
  • Documento do carro do segurado;
É INTERESSANTE:  Quanto o Dpvat paga em caso de fratura no dedo?

Quanto tempo a seguradora leva para pagar a indenização?

Uma norma de 2004 da Superintendência de Seguros Privados (Susep) já prevê o prazo máximo de 30 dias para pagamento da indenização.

Quando o segurado perde direito à indenização?

Se você sofrer um acidente e mesmo após recorrer contra a Lei Seca for comprovado que estava embriagado, ou que você estava praticando qualquer ato contra a lei, a recusa da indenização é certa.

Quanto tempo do sinistro até o pagamento do seguro?

Segundo circular de nº 145 da Susep (Superintendência de Seguros Privados), as seguradoras tem um prazo máximo de 30 dias para indenizar seus clientes em caso de sinistro, contados a partir da data de entrega da documentação.

Qual é a diferença entre furto e roubo?

Roubo ocorre com ameaça e violência. Ex: Assalto com arma… O crime de furto é descrito como subtração, ou seja, diminuição do patrimônio de outra pessoa, sem que haja violência. O Código Penal prevê para o furto pena de reclusão de 1 a 4 anos e multa.

O que um seguro completo cobre?

Seguro Completo ou Seguro Compreensivo

A cobertura compreensiva ou completa cobre o segurado em casos de colisão, incêndio, furto, roubo e danos causados pela natureza. No entanto, há algumas coberturas que não são indenizadas, como acessórios, como rádio e rodas especiais.

O que qualifica o furto?

Furto qualificado, segundo o Código Penal, artigo 155, é aquele em que ocorre a destruição ou rompimento de obstáculo; abuso de confiança, ou mediante fraude, escalada ou destreza; emprego de chave falsa ou mediante concurso de duas ou mais pessoas.

Seguros Mais