Você perguntou: Qual a responsabilidade do corretor de seguros?

Qual a responsabilidade de um corretor de seguros?

O artigo 126 do Decreto-lei 73/66 dispõe que o corretor de seguros é civilmente responsável perante o segurado e a seguradora pelos prejuízos que causar por omissão, imperícia e negligência no exercício da profissão.

Qual é a competência do corretor de seguros?

Com conhecimentos em técnicas de negociação, sua capacidade de convencer e persuadir clientes através de suas ideias e conhecimento técnicos fica muito mais apurada para fechar cada vez mais novos negócios!

O que um corretor de seguros pode vender?

O mercado de seguros tem infindáveis produtos que o corretor pode oferecer ao seu cliente, seja pessoa física ou jurídica. Na hora de escolher qual produto oferecer, com foco no aumento da lucratividade da carteira, o corretor deve ficar atento à média da margem de comissão desse produto no mercado.

Quem paga a comissão do corretor de seguros?

Isto porque o corretor trabalha para o segurado e é pago pela seguradora, ou seja, quem contrata o trabalho do corretor não é quem o paga (embora se saiba que a comissão de corretagem é calculada como um percentual do prêmio de seguro recebido pela seguradora e pago pelo segurado).

É INTERESSANTE:  O que é seguro de vida individual?

Quem é responsável pelo corretor?

Nas transações imobiliárias, geralmente há um intermediador entre o vendedor e o comprador, que pode ser uma pessoa física (corretor autônomo) ou uma imobiliária. Cabe ao intermediador um percentual sobre o valor da venda, que é chamado de “comissão” e consiste na retribuição pelo serviço prestado.

O que é a responsabilidade solidária?

Responsabilidade solidária – havendo pluralidade de devedores, o credor pode cobrar o total da dívida de todos ou apenas do que achar que tem mais probabilidade de quitá-la. A dívida não precisa ser cobrada em partes iguais para cada um. Todos os devedores são responsáveis pela totalidade da obrigação.

O que posso vender com Susepinha?

Apenas com a SUSEPINHA, você já conseguirá comercializar os planos de saúde sem nenhum tipo de problema. Ou seja, se você ainda estiver se formando na ENS (FUNSENSEG), e seu processo de formação estiver em andamento, já será possível obter rendimentos vendendo planos de saúde como corretor de seguros.

Quantos seguros um corretor vende por mês?

A corretora vende 6 apólices/dia útil, a um prêmio médio de R$ 1.110/apólice. Em despesas de localização, a corretora paga R$ 1.200/mês de aluguel, com R$ 100/mês de IPTU.

Que saber para vender seguros?

6 dicas para vender seguros que todo corretor deve saber

  1. Identifique o público certo. …
  2. Venda conforto no lugar do seguro. …
  3. Ofereça o produto certo. …
  4. Construa um relacionamento com as pessoas. …
  5. Proporcione um atendimento impecável. …
  6. Analise suas atitudes.

Como funciona a comissão de um corretor de seguros?

Qual é a comissão de um corretor de seguros? No Brasil, o valor médio de corretagem é de 20% dos custos do seguro, percentual que está entre os mais elevados do mundo, segundo o regulador. No ramo de garantia estendida, a taxa chega a 59%.

É INTERESSANTE:  Como sacar dinheiro do cartão de crédito Porto Seguro?

Como é a remuneração de um corretor de seguros?

No cargo de Corretor de Seguros se inicia ganhando R$ 1.781,00 de salário e pode vir a ganhar até R$ 3.986,00. A média salarial para Corretor de Seguros no Brasil é de R$ 2.585,00.

Como é feita a remuneração a um corretor de seguros?

Alguns tipos de seguros são mais lucrativos, aumentando a remuneração do corretor de seguros. Formalizada previamente em contrato, ela deve ser paga conforme consta no acordo, podendo ser feita ao concretizar uma venda, no recebimento do prêmio ou em outro momento estabelecido entre as partes.

Seguros Mais