Como saber se eu tenho direito à restituição do DPVAT?

Como resgatar o dinheiro do DPVAT?

O recurso estará disponível por meio do site restituicao.dpvatsegurodotransito.com.br e a devolução será feita diretamente na conta corrente ou conta poupança do proprietário do veículo.

Qual o valor pago do DPVAT em caso de fratura?

Quanto o DPVAT paga em caso de fraturas? DAMS (reembolso de despesas médicas): até R$2.700,00 de acordo com seus gastos médicos, comprovados por nota fiscal.

Quanto tempo demora pra sair o dinheiro do seguro DPVAT?

O DPVAT é repassado a todas as vítimas, sejam motoristas, passageiros ou até mesmo pedestres. O prazo previsto para receber o dinheiro é de 30 dias.

Qual o valor do DPVAT para quem quebrou a perna?

Quem perde a mobilidade completa do joelho ou do tornozelo recebe até R$ 3.375. Na perda total de um dos membros, como mãos, braços ou pernas, o pagamento do Seguro DPVAT pode chegar a R$ 9.450.

Quanto o DPVAT paga em caso de fratura 2022?

O valor mais atualizado no sistema varia entre 2.700 e 13.500. O primeiro valor se refere para tratamentos realizados pela vítima do acidente. Já o valor de 13.500 varia a depender da situação, da lesão, se houve óbitos, por exemplo.

Qual é o valor mínimo do seguro DPVAT?

Em 2019, é preciso desembolsar no mínimo R$ 16,21 para ficar em dia com o pagamento do DPVAT. Porém, mesmo que o veículo não tenha quitado esse valor, se sofrer um acidente, as vítimas poderão pleitear a indenização nos casos de invalidez permanente, gastos com hospitais, médicos ou medicamentos.

É INTERESSANTE:  Pergunta frequente: Como preencher o aplicativo do Dpvat?

Qual o valor do DPVAT 2021?

O DPVAT também não foi cobrado em 2021. A iniciativa importará em economia de até R$ 600 para os bolsos dos proprietários de veículos de todas as categorias.

Quem quebra a perna tem direito ao seguro DPVAT?

Qualquer pessoa, motorista, passageiro ou pedestre, culpado ou não do ocorrido. Se sofreu um acidente de trânsito e teve lesões, você tem direito a solicitar o seguro. O seguro é obrigatório e existe desde 1974, pela Lei 6.194.

Seguros Mais