Sua pergunta: Quem paga o seguro contra incêndio?

Quem deve pagar o seguro contra incêndio?

A Lei do Inquilinato diz que a obrigação de pagar o seguro contra incêndio é de responsabilidade do locador, porém abre uma brecha quando oferece a possibilidade de ser descrito em contrato o contrário.

É obrigatório pagar o seguro contra incêndio?

A Lei do Inquilinato determina que o seguro incêndio na locação é obrigatório. E, de uma forma ou de outra, isso faz com que a importância de uma imobiliária intermediando a locação seja ainda maior. Afinal de contas, é ela quem irá garantir que a lei seja cumprida.

Como funciona o seguro contra incêndio?

O seguro contra incêndio é uma cobertura obrigatória do seguro residencial, que garante ao segurado uma indenização caso o imóvel protegido seja danificado pelo fogo. Quando contratado no plano mais básico, a seguradora somente atua na reconstrução da parte estrutural da residência.

Qual o valor do seguro incêndio?

Estima-se que, aproximadamente, o valor seja 1% do valor do imóvel, se o contratante pagar de forma anual. Embora haja a possibilidade do parcelamento mensal deste custo, se preferir. Entretanto, o valor do seguro incêndio varia entre os imóveis.

Quem deve pagar o Funesbom?

Normalmente, tributos semelhantes do imóvel, como IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e condomínio, são quitados pelo locatário. Mas depende do que está escrito no contrato de aluguel, visto que a obrigação legal exige que aquela taxa de incêndio seja paga, sem que haja nada sobre quem deve pagá-la.

É INTERESSANTE:  Qual o prazo para resgatar seguro de vida?

O que pode ser cobrado do inquilino?

É o inquilino quem paga as despesas ordinárias do condomínio como salários, despesas de água, luz, esgoto, limpeza e manutenção. Só em caso de despesas extraordinárias que o locador toma a responsabilidade para si. Por exemplo, a pintura de fachadas do condomínio e reformas nas áreas externas.

Como calcular o valor do seguro contra incêndio?

O valor do Seguro de Incêndio Imobiliário geralmente é menor do que 20% do valor do aluguel e é válido por 1 ano, devendo ser renovado até o final do contrato de aluguel. Ex.: aluguel R$ 1.200,00*20% igual ou menor do que R$ 240,00 por ano.

Como fazer seguro de incêndio?

Como fazer um seguro contra incêndio

Para contratar uma cobertura que inclui incêndio, é preciso fazer um seguro residencial. Muitas seguradoras disponibilizam em seus sites simulação de seguro residencial sem qualquer custo.

Como acionar seguro residencial BB?

Assistência 24 horas ou comunicar sinistro

Caso já seja nosso cliente e teve algum problema e precise de assistência 24 horas ou comunicar um sinistro, entre em contato pelo WhatsApp da BB Seguros no 4004 7000 ou ligue agora para 0800 729 7000.

O que cobre o seguro residencial?

É destinado a residências individuais, casas e apartamentos, habituais ou de veraneio. Adicionalmente são oferecidas coberturas que indenizam os danos causados por alagamento, queimadas em zona rural, vendaval, impacto de veículos, queda de aeronave, danos elétricos e responsabilidade civil familiar, dentre outras.

Qual a diferença entre locador e locatário?

O locatário é quem está do outro lado da negociação, ou seja, é a pessoa para quem o imóvel será alugado. E assim como o locador, também pode ser representado por mais de uma pessoa e por pessoa jurídica.

É INTERESSANTE:  Questão: O que um seguro de vida empresarial cobre?
Seguros Mais