Como ocorre a manutenção e perda da qualidade de segurado da Previdência Social?

Como se dá a manutenção e a perda da qualidade de segurado?

A manutenção da qualidade de segurado significa manter o direito à cobertura previdenciária prevista na Constituição Federal e na Lei de Benefícios. O artigo 15 da Lei 8.213/1991 prevê situações em que, mesmo sem o pagamento de contribuições previdenciárias, é mantida a qualidade de segurado.

Quando ocorre a perda da qualidade de segurado?

Portanto, caso, após a saída do emprego, o trabalhador tenha ficado em situação de desemprego, só ocorrerá a perda da qualidade de segurado após 24 meses da demissão. Ademais, caso, ainda, ele tenha vertido 120 contribuições consecutivas para o INSS, a perda da qualidade de segurado só ocorrerá após 36 meses.

Como perder a qualidade de segurado do INSS?

Basicamente a pessoa acaba perdendo sua qualidade perante a previdência por ter deixado de efetuar as contribuições para o INSS. Mas não é só isso, existe também o período de graça, que é o período no qual o segurado, mesmo sem contribuir, ainda será considerado segurado da previdência.

Quando se opera a perda da qualidade de segurado do empregado?

“A perda da qualidade de segurado, segundo a regra prevista no § 4º do art. 15 da Lei n. 8.213/91, ocorrerá no dia seguinte ao do término do prazo fixado no Plano de Custeio da Seguridade Social para recolhimento da contribuição referente ao mês imediatamente posterior ao final dos prazos referidos acima.

É INTERESSANTE:  Quais são as hipóteses de Extensão da qualidade de segurado?

Como voltar a ter a qualidade de segurado?

Para ocorrer a recuperação da qualidade de segurado, é preciso que a pessoa volte a contribuir com o INSS. Com a primeira contribuição, recupera-se a ter qualidade de segurado, mas é preciso cumprir a carência dos benefícios novamente (com exceção das aposentadorias, como já mencionado).

Quanto tempo perde a qualidade de segurado do INSS?

Isso significa que você pode manter a qualidade de segurado por 24 meses após parar de contribuir para o INSS. Vale dizer que essas 120 contribuições não precisam ser consecutivas. Além disso, você não pode ter perdido a qualidade de segurado durante estas 120 contribuições.

Quando o contribuinte individual perde a qualidade de segurado?

Contribuinte facultativo

Mas acaba sendo uma regra injusta com aqueles contribuintes facultativos que, por algum motivo, perderam a condição financeira que permitia o recolhimento das contribuições. Apenas 6 meses após a cessação destas contribuições, estes contribuintes já perdem a qualidade de segurados.

Quem perdeu a qualidade de segurado pode se aposentar?

BENEFÍCIOS: PERDA DA QUALIDADE DE SEGURADO NÃO IMPEDE APOSENTADORIA.

O que é falta de qualidade de segurado?

Então, o auxílio-doença só será indeferido por falta de qualidade de segurado se você não estiver contribuindo no momento da solicitação nem estiver dentro do período de graça. Nesse caso, você não possui mais a cobertura do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e não tem direito aos benefícios previdenciários.

Como saber se estou assegurada pelo INSS?

A qualidade de segurado é uma condição conferida ao trabalhador que possui uma inscrição junto ao INSS e contribui todos os meses. Assim sendo, enquanto o segurado estiver nesta qualidade o seu “seguro” estará valendo. Esse é um requisito exigido para diversos benefícios, como: auxílio-doença.

É INTERESSANTE:  É vantagem pagar seguro de vida?

Em quais hipóteses o dependente perde tal qualidade?

Também perde o direito ao benefício o dependente que passar à condição de emancipado[3] por sentença do Juiz ou por concessão do seu representante legal, ou em função de casamento, ou ainda, pelo exercício de emprego público efetivo, pela colação de grau em curso de ensino superior, por constituir estabelecimento civil …

Seguros Mais